Estética

Clareamento dental: perguntas e respostas.

POR - Dia 26 de setembro de 2016

O que proporciona maior autoestima para as pessoas? Com certeza, um sorriso bonito faz parte da resposta! A saúde bucal nesse momento é muito importante, já que antes de pensar nos aspectos estéticos, é necessário priorizar a saúde. Mas, se você cuida dos seus dentes e eles não ficam tão branquinhos como você quer, o que fazer?

A técnica de clareamento dental é uma das principais opções. Bastante usada por dentistas e clientes que querem deixar seus dentes mais brancos, ainda é grande o número de pessoas que desconhecem informações básicas do processo mesmo já tendo ouvido sobre a técnica superficialmente. Dados divulgados pelo Conselho Federal de Odontologia em 2014 mostram que 20% da população não frequenta o dentista, esses números são bem significativos quando olhamos o tamanho do país.

E pensando nessa necessidade de informações, a Castell-Odonto fez uma lista de perguntas e respostas para esclarecer o máximo de dúvidas de todos os clientes, por isso, vamos lá!

1 – Afinal, por que os dentes escurecem?

Os dentes, na maior parte das vezes, escurecem devido aos nossos hábitos. Você fuma, gosta de tomar café, chás preto, refrigerantes no geral que contêm corantes artificiais, vinho, suco de uva? Esses são só alguns dos hábitos alimentares que levam ao escurecimento dos dentes.

2 – Afinal, todos podem fazer clareamento dentário?

Sim! Desde que a saúde bucal da pessoa esteja em dia. As únicas restrições são para gestantes, crianças, pacientes com doenças gengivais ou outras patologias. Ah, uma coisa importante: os tratamentos costumam não agir sobre materiais que podem estar nos dentes, como restaurações estéticas em porcelanato ou resinas.

3 – Posso comprar os materiais e fazer sozinho, sem orientação?

Não é o recomendado, já que não podemos ter garantias que os materiais encontrados em algumas farmácias, na internet ou com algumas empresas passaram por testes de qualidade e estão certificadas pelas autoridades competentes.

Outro aspecto positivo do acompanhamento por profissionais é a maior segurança contra efeitos colaterais, que podem ir desde resultados insatisfatórios a sensibilidade excessiva.

 

4 – Como o clareamento é feito?

Depende do método, pois atualmente existem técnicas que são realizadas em casa, com a assistência do profissional dentista, enquanto outra é feita inteiramente no consultório e a terceira é associada, ou seja, uma combinação entre o tratamento em casa e no consultório.

Em síntese, o clareamento ocorre quando os princípios ativos dos químicos penetram no dente e sofrem uma reação com os pigmentos responsáveis pelo escurecimento dental. Esse contato quebra em moléculas menores os pigmentos escuros, que passam a reagir de uma forma diferente com a luz, o que faz com que os dentes fiquem mais claros.

5 – Qual é a duração do tratamento?

O método que ocorre em casa pode levar, em média, de 3 a 4 semanas com um uso diário de meia hora até a 4 horas, dependendo da orientação do profissional dentista.

Já quando o tratamento ocorre no consultório, a média é de 3 sessões de aproximadamente 45 a 60 minutos, mas varia bastante dependendo das reações e do ritmo acordado entre profissional e paciente.

Já a opção mesclada, com o tratamento em casa e no escritório, pode levar até 2 semanas.

6 – Depois do tratamento meu dente vai ficar mais branco por quanto tempo?

Novamente, depende dos seus hábitos alimentares. O ideal é evitar os alimentos citados no início desse artigo e manter consultas frequentes ao dentista.

7 – O dente clareado fica enfraquecido?

Não! Esse é um mito gerado por alguns incidentes com tratamentos não regularizados. Os tratamentos profissionais são assegurados e esse é seu maior benefício: sua segurança é a prioridade!

8 – Algumas pessoas ficam com sensibilidade depois do tratamento, o que acontece e como evitar?

Não é normal, quando o tratamento é bem realizado. A grande acidez de alguns dos produtos utilizados podem causar maior sensibilização dos dentes quando a pessoa ingere produtos quentes ou frios. Isso ocorre devido à qualidade dos produtos (é importante que seu dentista utilize materiais de empresas já consolidadas no mercado).

Os casos de sensibilidade passam rapidamente. No decorrer do tratamento tudo volta ao normal!

Apesar de colocarmos aqui várias informações, é muito importante consultar seu próprio dentista sobre os melhores métodos de clareamento e as indicações para o pós-tratamento.

O mais importante é você se sentir confortável com o método e seguro com o profissional que vai executar ou orientar o processo.