Dicas

A escova de dentes ideal para você

POR - Dia 19 de setembro de 2016

A escovação dos dentes é um hábito muito importante, pois através dela nossos dentes e gengivas se mantêm a salvo de todas as doenças bucais. Para uma higienização eficaz, é bom que a escova utilizada seja a ideal para a limpeza efetiva de seus dentes, língua, gengiva e bochechas.

Escolher uma escova de dentes pode até parecer uma tarefa fácil, pois o que não falta são alternativas nas prateleiras das lojas. Porém, muitas vezes você acaba escolhendo mais pelas cores e aparência, esquecendo o principal, que é a sua funcionalidade. Assim, verifique as características de cada escova na hora da compra.

Escolhendo as cerdas mais apropriadas

As cerdas macias ou extra macias são as mais indicadas para a maioria da população. Elas atuam com mais eficiência na remoção das placas bacterianas. As cerdas molinhas também entram com mais facilidade entre os dentes, proporcionando uma limpeza satisfatória. O ideal é que elas tenham formato arredondado, garantindo uma escovação mais eficiente, alcançando até o último dente. As cerdas macias também são as mais indicadas para a higienização bucal das crianças, por não forçarem seus dentinhos e gengivas.

Já as cerdas médias ou até mesmo as duras, não são aconselháveis para todas as pessoas. Por apresentarem uma consistência mais dura, podem acabar danificando o esmalte dos dentes, causando sensibilidade e até mesmo doenças como a periodontite. Mas este tipo de escova também tem seus lados positivos. Ela é uma ótima escolha para quem utiliza próteses, dentaduras ou demais apliques dentários, ocasionando nesses casos, a limpeza ideal.

O tamanho a ser escolhido

O tamanho não interfere tanto, ele é mais questão de maior conforto na hora da higienização bucal. Mas lembre-se, a escova que se adapta melhor aos seus dentes é aquela que chega a superfície de todos eles com facilidade, principalmente os localizados no fundo da boca. Com isso, as escovas mais indicadas são as de cabeça pequena, pois facilitam a escovação de todos os dentes.

O benefício das escovas elétricas

Esse tipo de escova também é uma ótima opção. Muitos dentistas recomendam o uso dela, pois ela trabalha bem na remoção da placa e das sujeiras durante a escovação. Ela é extremamente recomendada para pessoas que tem problemas de locomoção e para os idosos.

A hora de trocar sua escova

Sua escova de dentes deve ser trocada a cada três meses, no mínimo. Algumas escovas têm uma coloração diferenciada em algumas cerdas, as quais evidenciam sua necessidade de troca. Quando estão aparentemente desbotadas ou desgastadas, significa que já está na hora de trocar. Outra dica importante é que sempre que você estiver com gripe, resfriado ou doença que possa ser transmitida pela saliva, a sua escova deverá ser trocada, evitando novas contaminações.

Demais cuidados

É sempre bom reforçar que o uso do fio dental também se faz necessário todos os dias e que as idas ao dentista devem ser frequentes, pelo menos a cada seis meses, garantindo assim, rapidez no tratamento de possíveis doenças dentais que podem surgir.